São Paulo, SP, 30/06/2022
 
24/08/2016 - 10h22m

Polícia Federal realiza operação em Goiás contra fraudes em licitações da Saneago

Agência Brasil/Andreia Verdélio 

Brasília - A Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Decantação para apurar fraudes em licitações da companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) e desvios de cerca de R$ 4,5 milhões em recursos federais do Programa de Aceleração do Crescimento, de financiamentos do BNDES e da Caixa Econômica Federal. O dinheiro era usado para pagamento de propinas e dívidas de campanhas políticas.

As investigações estão sendo feitas em parceria com o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle e o Ministério Público Federal e evitaram um prejuízo total de quase R$ 7 milhões. O esquema era feito por meio de uma empresa de consultoria, contratada pela Saneago, que favorecia a contratação de empresas responsáveis por doações eleitorais.

Segundo a PF, cerca de 300 policiais federais cumprem 120 mandados judiciais, sendo 11 de prisão preventiva, quatro de prisão temporária, 21 de condução coercitiva e 67 de busca e apreensão na sede de empresas envolvidas e de um partido político, além de residências e outros endereços relacionados aos investigados. Também foi determinado o afastamento de oito servidores públicos e a proibição de comunicação entre nove envolvidos.

As ordens judiciais estão sendo cumpridas em Goiás, nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Formosa e Itumbiara, em São Paulo (SP) e em Florianópolis (SC).

Os envolvidos poderão responder por peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa e fraudes em processos licitatórios. O nome da operação, Decantação, faz referência a um dos processos de tratamento de água, em que ocorre a separação de elementos heterogêneos.

Hoje São Paulo

© 2022 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro