São Paulo, SP, 25/06/2019
 
29/07/2013 - 18h58m

Políciais fazem protesto nas ruas do centro contra prisões de delegados do Denarc

Agência Brasil/Daniel Mello 
Agência Brasil/Marcelo Camargo
Policiais de São Paulo fizeram protesto pacífico nas ruas do centro
Policiais de São Paulo fizeram protesto pacífico nas ruas do centro

São Paulo – Delegados de polícia fazem hoje (29) protesto pelas ruas do centro da cidade contra a prisão de delegados do Departamento Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), que são investigados por envolvimento com o tráfico de drogas. Eles saíram em caminhada, por volta das 14h, da sede da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo.

O grupo passou em frente ao prédio da prefeitura, da Secretaria de Segurança Pública e chegou à sede do Ministério Público de São Paulo (MP-SP), órgão que comanda as investigações da operação sobre a relação de policiais com o tráfico de drogas. Uma comissão de três representantes da manifestação foi recebida no órgão para discutir as reivindicações da categoria.

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo alega que as prisões pedidas pelo MP-SP são ilegais. "No caso dos delegados de polícia, eles foram presos sem qualquer prova", disse o presidente do sindicato, George Melão. Ele explica que a Polícia Civil tem uma corregedoria, que é responsável por apurar desvios de conduta. "Não estamos aqui para acobertar conduta criminosa de ninguém. Queremos que o Ministério Público promova a Justiça", disse Melão.

No último dia 15, teve início uma operação conjunta do Ministério Público e da Corregedoria da Polícia Civil com objetivo de investigar policiais do Denarc, acusados de formação de quadrilha, roubo, tortura e extorsão mediante sequestro. Segundo as investigações, eles recebiam entre R$ 200 mil e R$ 300 mil por ano em propinas, pagas por traficantes. Ao todo, 13 mandados de prisão temporária foram expedidos.

A assessoria de imprensa do Ministério Público de São Paulo informou que irá se pronunciar, por meio de nota, após a reunião com a comissão. Não foi informado quem é o representante do MP-SP que participa do encontro.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro