São Paulo, SP, 09/12/2019
 
04/06/2012 - 15h20m

Policial Militar é detido em posto de gasolina, com R$ 11 mil escondidos na cueca

Folhapress/Marco Antônio Martins 

RIO DE JANEIRO, RJ (Folhapress) - O cabo da Polícia Militar Márcio Roberto Cunha Soares foi preso, na tarde de ontem, após uma confusão em um posto de gasolina em Vicente de Carvalho (zona norte do Rio). Policiais do Batalhão de Choque encontraram mais de R$ 11 mil escondidos na cueca do cabo Soares.

De acordo com ele, o dinheiro pertenceria à sua namorada, a funkeira Yani de Simone -conhecida como Mulher Filé-, que recebeu o valor como cachê de um show.

Segundo testemunhas, o policial chegou ao posto e teria pedido que jovens abaixassem o volume do som dos automóveis. Como eles não aceitaram, o cabo começou a atirar para o alto e foi surpreendido pelos PMs do Batalhão de Choque que patrulhavam a região.

O advogado de Soares, Renê Rocha, nega a versão. Diz que seu cliente estava na loja de conveniência quando ouviu os tiros. Ao sair para ver o que acontecia encontrou uma arma caída no chão.

O Soares foi levado para o Batalhão Prisional, onde está preso.

A prisão de ontem não foi o primeiro problema envolvendo o policial. Em 2006, ele foi acusado de participar de um caso de lesão corporal e concussão, quando um agente público exige vantagem a alguém em função do cargo que exerce. O outro caso ocorreu em 2011 quando ele foi suspeito de prevaricação.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro