São Paulo, SP, 13/11/2019
 
11/09/2015 - 11h27m

Poluição da Baía de Guanabara preocupa atletas britânicos

Agência Brasil/Giselle Garcia 
Agência Brasil/Giselle Garcia
Associação Olímpica Britânica anunciou os oito primeiros atletas que participarão dos Jogos Olímpicos Rio 2016
Associação Olímpica Britânica anunciou os oito primeiros atletas que participarão dos Jogos Olímpicos Rio 2016

Rio de Janeiro - A Associação Olímpica Britânica anunciou os oito primeiros atletas, de um grupo de 350, que participarão dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016. A modalidade escolhida para abrir a temporada de anúncios foi a vela, cujas provas estão previstas para ocorrer na Baía de Guanabara, alvo de críticas por causa da poluição de suas águas.

A atleta de windsurf, Bryony Shaw, disse se sentir honrada em fazer parte do time britânico, mas confessa estar preocupada com a qualidade da água em que competirá. “Eu estou preocupada com a minha saúde já que nos Jogos de Londres, em 2012, eu não estava bem. Eu quero ter certeza que minha saúde estará perfeita para competir no Rio”, afirma.

Segundo ela, durante o último treinamento na Baía de Guanabara um pedaço de lixo se prendeu no equipamento, prejudicando sua performance. “É um lugar incrível, perto do Pão de Açúcar e do Cristo Redentor, mas me preocupa a possibilidade de que a poluição afete os meus resultados e chances de ganhar medalhas”.

Stephen Park, líder to time de vela da Grã-Bretanha, esteve recentemente no Rio de Janeiro com os atletas e conferiu as condições do local de provas. Ele disse que o problema não é só o lixo, mas o esgoto presente na água, que coloca em risco a saúde dos competidores. “Seria muito bom se víssemos progresso sendo feito. Estamos confiantes de que a qualidade da água na Baía da Guanabara será melhorada e que isso não afetará as competições”.

Já o chefe da missão britânica para os Jogos Olímpicos de 2016, Mark England, tem uma visão mais otimista. Segundo ele, os atletas britânicos já vêm treinando por um bom tempo nas águas da Baía de Guanabara e até agora não houve problema. “É claro que queremos garantir saúde e condições de higiene para os nossos atletas, mas estamos satisfeitos com as respostas do Comitê Olímpico Internacional (COI) sobre o trabalho de melhoria da qualidade da água”.

O governo do Rio de Janeiro admitiu recentemente que não conseguirá despoluir a Baía de Guanabara para os Jogos Olímpicos de 2016. Medidas paliativas foram adotadas para tentar amenizar o problema, como o uso de barcos que recolhem o lixo flutuante.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro