São Paulo, SP, 25/09/2018
 
21/11/2016 - 22h52m

PR expulsa Clarissa Garotinho por votar contra PEC que limita os gastos públicos

Agência Brasil/Iolando Lourenço e Luciano Nascimento 

Brasília - O Partido da República (PR) expulsou a deputada federal Clarissa Garotinho (RJ) e suspendeu os deputados Silas Freire (PI) e Zenaide Maia (RN) por 9 e 12 meses respectivamente.

As punições foram aplicadas aos três deputados por terem desobedecido decisão do partido na votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que fixa o limite de gastos públicos pelos próximos 20 anos nos três poderes da República. A bancada do PR na Câmara fechou questão no sentido de que todos deveriam votar a favor da PEC.

O secretário de Comunicação Social do PR, Vladimir Porfírio, informou que hoje (21) pela manhã o partido comunicou oficialmente a deputada Clarissa Garotinho da expulsão dela dos quadros do PR em caráter irrevogável.

A punição aos três parlamentares foi solicitada pelo deputado Vinícius Gurgel (PR-AP) após a votação da PEC 241, com base em dispositivos estatutários e no Código de Ética, por suposta prática de conduta classificada como desobediência ao estatuto partidário e ao código.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro