São Paulo, SP, 17/10/2018
 
02/12/2016 - 07h52m

Prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, é presa pela Polícia Federal por desvios

Agência Hoje 

Ribeirão Preto - Agentes da Polícia Federal prenderam na manhã desta sexta-feira, 2, a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera (PSD), em ação da Operação Sevandija.

A prefeita é acusada de participação em desvios que chegam a R$ 203 milhões e vinha sendo investigada pela Polícia Federal e Ministério Público de São Paulo. A prisão foi pedida pela Procuradoria de Justiça do Estado.

A prefeita de Ribeirão Preto (SP), Dárcy Vera, foi presa na manhã hoje(2) durante a Operação Mamãe Noel, deflagrada pela Polícia Federal e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público (MP).

Segundo a Polícia Federal, a ação faz parte da segunda fase da Operação Sevandija, na apuração de fraudes e desvios de dinheiro em contratos de licitações de R$ 203 milhões na Prefeitura de Ribeirão.

Além da prefeita, foram detidos dois ex-advogados do Sindicato dos Servidores Municipais, Sandro Rovani da Silveira Neto e Maria Zuely Alves Librandi. A polícia informou que existem outros mandados de busca e apreensão envolvendo crimes de peculato, falsidade ideológica, uso de documento falso, corrupção passiva e ativa.

O comunicado esclarece que a operação foi denominada de Mamãe Noel em razão das evidências de que, no período entre 2013 e 2016, Maria Zuely repassou mais de R$ 5 milhões aos demais denunciados na primeira fase, dinheiro este que teria sido desviado da prefeitura de Ribeirão Preto.

Procurada pela Agência Brasil, a advogada da prefeita, Claudia Seixas, informou que, no momento, avalia o caso e orientou a procurar por sua assessoria no período da tarde.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro