Prefeito Expulso - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 19/08/2018
 
23/01/2015 - 15h15m

Prefeito Expulso

 

O prefeito Gabriel Maranhão, eleito em Rio Grande da Serra, cidade de 50 mil habitantes no interior de São Paulo, deverá ser expulso do PSDB nos próximos dias. Motivo: infidelidade partidária.

Na época das eleições presidenciais, o prefeito declarou em alto e bom som que embora filiado ao PSDB não votaria no candidato Aécio Neves, do seu partido. Por dever de gratidão, daria seu voto a Dilma Rousseff que o atendeu com obras e muitos gestos de simpatia.

Agora, depois de ouvir todas as partes envolvidas, o PSDB está concluindo o processo de expulsão. Sem o partido que o elegeu, Gabriel Maranhão poderá perder o cargo de prefeito.

Pelo jeito, continua prestigiado pelo Governo Dilma. A nota sobre sua saída do PSDB foi publicada no Blog da Dilma, edição do dia 22 de janeiro de 2015, com o título "Prefeito tucano corre risco de ser expulso do partido por ter apoiado Dilma".

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro