São Paulo, SP, 24/06/2019
 
26/11/2013 - 08h26m

Prêmio São Paulo de Literatura anuncia três principais vencedores

Agência Hoje 
Divulgação
Prêmio São Paulo de Literatura distribuiu R$ 400 mil em prêmios
Prêmio São Paulo de Literatura distribuiu R$ 400 mil em prêmios

São Paulo (Agência Hoje) - Os três melhores romances publicados em língua portuguesa durante o ano de 2013 foram divulgados nesta segunda-feira, 25, pelos organizadores do Prêmio São Paulo de Literatura. O prêmio de R$ 400 mil, considerado o maior do Brasil, será dividido entre os escolhidos.

De 20 finalistas, os três vencedores foram Daniel Galera (na categoria Melhor Livro do Ano, para autores que já publicaram romances), Paula Fábrio (Melhor Livro do Ano - Autor Estreante com mais de 40 anos) e Jacques Fux (Melhor Livro do Ano - Autor Estreante com menos de 40 anos). Os prêmios foram entregues no Museu da Língua Portuguesa.

"Um dos mais importantes, senão o mais importante prêmio [de literatura] do nosso país. Com vigor na sua concessão, extremamente importante e um grande estímulo para a leitura. Nós queremos fortalecer cada vez mais São Paulo como um Estado de leitores. Será um grande estímulo para novos escritores, novos livros, novas publicações", disse o governador Geraldo Alckmin.

O mineiro Jacques Fux recebeu R$ 100 mil pela publicação "Antiterapias" (Editora Scriptum), mesmo valor entregue à paulista Paula Fábrio pela autoria de "Desnorteio" (Editora Patuá). O grande vencedor da noite foi Daniel Galera, que recebeu R$ 200 mil, com a publicação de "Barba Ensopada de Sangue".

O Júri final do Prêmio São Paulo de Literatura foi composto por Benjamin Abdala Junior, professor da Universidade de São Paulo, Cassiano Elek Machado, editor do caderno Ilustríssima, da Folha de S. Paulo, Margaret Alves Antunes, bibliotecária, o contista Ronaldo Cagiano Barbosa e Ubiratan Brasil editor do Carderno 2, do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja a lista dos finalistas:

Daniel Galera - Barba ensopada de sangue (Companhia das Letras)

Evandro Affonso Ferreira - O mendigo que sabia de cor os adágios de Erasmo de Rotterdam (Record)

Elvira Maria Vigna Lehmann - O que deu para fazer em matéria de história de amor (Companhia das Letras)

Francisco J.C. Dantas - Caderno de ruminações (Objetiva)

José Luiz Passos - O sonâmbulo amador (Objetiva)

Miguel Sanches Neto - A máquina de madeira (Companhia das Letras)

Ricardo Lísias - O céu dos suicidas (Objetiva)

Ronaldo Correia de Brito - Estive lá fora (Objetiva)

Zuenir Ventura - Sagrada família (Objetiva)

Xico Sá - Big Jato (Companhia das Letras)

Autores Estreantes

+ 40 ANOS

Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira - As visitas que hoje estamos (Iluminuras)

Luize Valente - O segredo do oratório (Record)

Maria Silvia de Souza Camargo - Quando ia me esquecendo de você (7 Letras)

Paula Fábrio - Desnorteio (Patuá)

Roberto Schaan Ferreira - Por que os ponchos são negros? (Editora da Cidade)

Rodrigo Fonseca Barbosa - O homem que não sabia contar histórias (Record)

ATÉ 40 ANOS

Antônio Salvador - A condessa de Picaçurova (Prólogo)

Jacques Fux - Antiterapias (Scriptum)

Luisa Dalla Valle Geisler - Quiçá (Record)

Raphael Montes de Carvalho – Suicidas (Benvirá)

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro