Presos fogem em Bauru e assustam cidade; prefeitura, lojas e bancos fecham portas - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 19/08/2018
 
24/01/2017 - 15h54m

Presos fogem em Bauru e assustam cidade; prefeitura, lojas e bancos fecham portas

Agência Brasil/Fernanda Cruz 

Bauru, São Paulo - A prefeitura de Bauru, cidade do interior de São Paulo, suspendeu o atendimento à população hoje (24) entre meio-dia e 14h por causa da rebelião no Instituto Penal Agrícola. Agências bancárias, o Poupatempo e algumas lojas da região central também fecharam as portas.

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) ainda não confirmou o número de fugitivos. No início da manhã, o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) informou, entretanto, que 200 detentos estão foragidos. Segundo o 4º Batalhão da PM, 79 foram recapturados. A secretaria informou que a situação já está controlada.

Segundo a SAP, os presos recapturados foram levados ao Centro de Detenção Provisória de Bauru. A rebelião começou por volta das 8h30 com um desentendimento entre presos e funcionários da penitenciária. Houve tumulto quando um agente de segurança penitenciária surpreendeu um preso usando celular. Colchões chegaram a ser queimados e o Corpo de Bombeiros enviou sete viaturas ao local.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro