São Paulo, SP, 26/06/2019
 
14/12/2014 - 11h22m

"Giramundo" é boa alternativa na semana para todas as idades

Agência Hoje 
Divulgação
Exposição "Ocupação Giramundo", no Itaú Cultural, chama atenção e conquista público
Exposição "Ocupação Giramundo", no Itaú Cultural, chama atenção e conquista público

São Paulo (Agência Hoje) - Com a proximidade do Natal, a programação cultural de São Paulo sofre alterações, apresentando muitas atrações culturais divertidas, como a exposição dos bonecos da "Ocupação Giramundo", no Teatro Itaú Cultural, perto da Estação Brigadeiro do Metrô. 

Festas de fim de ano lembram compras, presentes, abraços, família e amor, mas devem ser compartilhadas também com cultura, bons filmes, boas peças teatrais, visitas a museus, exposições e passeios pelos parques.

Veja as dicas culturais para a semana:

ESTAÇÃO BRIGADEIRO

O Itaú Cultural apresenta a exposição Ocupação Giramundo. O universo do grupo de teatro de bonecos Giramundo é retratado de forma lúdica. Serão apresentadas obras dos mais de 40 anos da companhia.

Além de bonecos e registros dos 34 espetáculos encenados, documentos, desenhos técnicos e imagens do processo criativo dos integrantes poderão ser vistos. Uma programação teatral rola paralelamente. Terça a sexta, das 9h às 20h; sábado e domingo, das 11h às 20h. Grátis. Até 11 de janeiro de 2015. O Itaú Cultural fica na Avenida Paulista, 149, próximo à Estação Brigadeiro. O telefone é (11) 2168-1777.

ESTAÇÃO SÉ

Poster for Tomorrow – Os Direitos Humanos em Cartaz é atração na Caixa Cultural. São mais de 100 cartazes encomendados pela organização de direitos humanos parisiense 4 Tomorrow para divulgar temas como democracia, educação, liberdade de expressão, moradia, igualdade de gêneros e combate à pena de morte.

A seleção apresenta as peças premiadas nos últimos seis anos. Terça a domingo e feriados, das 9h às 19. Grátis. Até 1º de março de 2015. A partir de sábado (13). A Caixa Cultural fica na Praça da Sé, 111, próxima à Estação Sé. O telefone é (11) 3321-4400.

ESTAÇÃO VERGUEIRO

Fernando Fecchio protagoniza o monólogo tragicômico A Geladeira, do argentino Raúl Damonte Botana (1939-1987), conhecido como Copi. Sob a direção de Nelson Baskerville, a montagem é centrada em um homem que, no dia do seu aniversário, acorda e encontra um refrigerador no meio da sala.

De lá saem pessoas importantes de sua vida, como a mãe, a empregada e a psicanalista, e até seu cão e um rato (62 min). 14 anos. Sexta (12) e sábado (13), às 21h; domingo (14, último dia), às 20h. Grátis. Ingressos distribuídos duas horas antes. No Centro Cultural São Paulo – Sala Jardel Filho (321 lugares), que fica na Rua Vergueiro, 1000, próximo à Estação Vergueiro. O telefone é (11) 3397-4002.

ESTAÇÃO TRIANON-MASP

Depois do bem-sucedido A Madrinha Embriagada, o diretor Miguel Falabella engata outro grandioso projeto: O Homem De La Mancha. Baseada no texto de Dale Wassermanom, com melodias de Mitch Leigh e letras de Joe Darion, a ação foi ambientada em um manicômio do fim da década de 30.

Por lá, um paciente (interpretado por Cleto Baccic) apresenta-se como Miguel de Cervantes, poeta, ator e coletor de impostos, e interna-se na companhia do criado Sancho (Jorge Maya). Para minimizar a triste realidade, ele propõe aos internos e funcionários um mergulho na fantasia, e todos passam a fazer teatro.

Eles descobrem a força do sonho como meio para suportar o cotidiano. Além do bom trabalho de Baccic e Maya, Sara Sarres sobressai na pele de Dulcineia e Guilherme Sant'Anna dá fôlego ao papel de Governador. Criativa e correta, a versão de Falabella tem grande capacidade de comunicação com a plateia a que se destina e a deixa de olhos cheios.

Quarta a sexta, às 21h; sábado, às 16h e 21h; domingo, às 19h. Grátis. Reservas de ingressos pelo site www.sesisp.org.br/meu-sesi. Cinquenta ingressos serão distribuídos no dia a partir das 13h (quarta a sábado) e das 11h (domingo). Até 21 de dezembro. No Teatro do Sesi (456 lugares), que fica na Avenida Paulista, 1313, próximo à Estação Trianon-Masp. O telefone é (11) 3146-7406.

ESTAÇÃO REPÚBLICA

O cinema argentino é grande conhecido dos brasileiros. Apesar disso e da proximidade geográfica, o mesmo não se pode dizer sobre o teatro. Já visto em festivais no Chile, na Espanha e em Portugal, o drama Sudado surge como oportunidade de os paulistanos conferirem uma montagem do país vizinho.

Dirigida por Jorge Eiro, a peça ganha sessões gratuitas da Companhia do Feijão entre sexta (12) e domingo (14). Durante as reformas de um restaurante em Buenos Aires, dois operários entram em atrito com o novo administrador da construtora responsável. A falta de materiais para terminar a obra os impede de voltar para casa.

Os atores Facundo Aquinos, Julián Cabrera e Facundo Livio Mejías também são responsáveis pela dramaturgia ao lado de Paul Romero, Belén Charpentier e Jorge Eiro (60 min). 12 anos. Sexta (12) e sábado (13), às 20h; domingo (14, último dia), às 19h. Grátis. Ingressos distribuídos uma hora antes. Na Companhia do Feijão (50 lugares), que fica na Rua Doutor Teodoro Baima, 68, próxima à Estação República. O telefone é (11) 3259-9086.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro