Raios no Brasil - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 17/08/2018
 
30/12/2014 - 10h36m

Raios no Brasil

 

A incidência de raios no Brasil, como o que atingiu oito banhistas em Praia Grande, no litoral de São Paulo, matando quatro deles, é mais comum do que se supõe e exige cuidados especiais.

No Brasil, entre 2000 e 2013 foram registradas 1.672 mortes, sendo 79 só no ano passado. Os números são oficiais e foram confirmados pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica, órgão do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

A divulgação de acidentes do tipo tem levado as pessoas a se cuidarem mais. Em consequência, houve uma redução no número de mortes nos últimos anos. De acordo com o INPE, entre 2000 e 2009 ocorreriam uma média de 132 mortes por ano, caindo para 119 em 2009 e chegando a 79 em 2013.

Raios no Brasil 1

Outro estudo desenvolvido pela NASA indica que a incidência de raios no Brasil continua a mesma, em torno de 50 milhões por ano. É a maior da América Latina e uma das maiores do mundo. Isso quer dizer que a redução de acidentes com mortes ocorreu em função da divulgação sobre formas de prevenção.

São Paulo é disparado o Estado com o maior número de mortes provocadas por raios - 269. Em seguida, aparecem Minas Gerais (130), Rio Grande do Sul (125), Pará (115) e Mato Grosso do Sul (105). Entre as vítimas, 81% eram homens e 19% mulheres.

Os locais onde os raios mais caíram nos últimos 10 anos foram os seguintes:

- No campo, durante atividades rurais - 24%

- Dentro de casa - 16%

- Próximo a um veículo - 12%

- Embaixo de árvore - 9%

- Jogando futebol - 9%

- Sob coberturas (barracas, toldos) - 6%

- Na praia - 5%

- Outros - 19%

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro