Rede de farmácias projeta dobrar de tamanho em 2018 - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 19/08/2018
 
27/09/2016 - 14h34m

Rede de farmácias projeta dobrar de tamanho em 2018

Agência Apoio 
Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom
Rede de drogarias objetiva chegar a 1.000 farmácias até meados de 2018
Rede de drogarias objetiva chegar a 1.000 farmácias até meados de 2018

São Paulo - Após ter atingido, em julho, a marca de 500 farmácias em todo o Brasil, a administradora de redes de drogarias Farmarcas já projeta um crescimento muito maior, objetivando chegar a 1.000 farmácias até meados de 2018, consolidando-se como um modelo de gestão de sucesso.

O início da operação se deu em 2012 com o lançamento da rede Ultra Popular (a primeira a ser administrada nesse modelo), desde então, vem mostrando um crescimento constante, com a inclusão de novas drogarias e também devido à expansão dos negócios dos seus atuais associados. A grande busca se deve aos diferenciais de mercado oferecidos pela empresa.

“A Farmarcas foi criada para prover às farmácias independentes diferenciais de gestões que eram característicos, na maioria das vezes, apenas das grandes redes. Assim, identificamos uma grande oportunidade que se mostrou acertada, pois o crescimento das farmácias associadas é muito maior que a média de mercado”, detalha o diretor geral da Farmarcas, Paulo Roberto Costa.

Ele conta que, para atingir a meta, algumas ações já foram iniciadas. “Vamos incentivar os empresários que já são proprietários de farmácias de nossas redes a abrirem outras; para tanto, estamos capacitando-os para o empreendedorismo, oferecendo condições diferenciadas e apresentando estudos de viabilidades de negócios”.

Paralelamente, Paulo Costa acrescenta que há todo um trabalho de associação de novas farmácias às redes. “Em relação à adesão de farmácias já existentes ao grupo Farmarcas, temos uma preocupação redobrada, pois só aceitamos drogarias que estejam propensas a se alinhar com nossa missão, visão e valores. Só assim podemos garantir o êxito do projeto”.

Com base nesse modelo rígido de negócio, a administradora busca garantir que toda a cadeia relacionada aos seus produtos seja beneficiada, desde os fornecedores até o consumidor final. E isso sem comprometer a rentabilidade do negócio.

As drogarias ligadas à administradora têm como alguns dos diferenciais as ferramentas de gestão com medidores de desempenhos, programa de fidelização dos clientes, CRM, dentre outras que se mostram fundamentais no dia a dia do negócio.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro