São Paulo, SP, 14/11/2019
 
11/02/2016 - 11h11m

Repelentes: saiba como usar em bebês, crianças e gestantes

Portal EBC 
Agência Brasil
Principal recomendação é evitar a proliferação do Aedes aegypti e se proteger contra a picada do mosquito
Principal recomendação é evitar a proliferação do Aedes aegypti e se proteger contra a picada do mosquito

Brasília - Diante da ameaça do Zika vírus, dengue e febre Chikungunya, a principal recomendação é evitar a proliferação do Aedes aegypti e se proteger contra a picada do mosquito.

A médica dermatologista Ana Regina Trávolo alerta que bebês de zero a seis meses não deve usar repelentes. As crianças a partir de seis meses de idade até dois anos devem usar o repelente feitos a base da substância IR3535. A partir dos dois anos de idade já se pode utilizar repelentes à base de substâncias como o DEET e a Icaridina.

De acordo com a dermatologista, as crianças até dois anos de idade devem passar o repelente uma vez ao dia e esta substância IR3535 vai durar em média quatro horas. Então a criança não vai ficar protegida do mosquito o tempo todo. Por isto, é necdessário usar outras medidas para esta prevenção, como roupas claras, ambiente mais ventilados e arejados, usar calça comprida e manguinha comprida, telas nas janelas e o mosquiteiro.

A partir dos dois anos, a aplicação pode ser duas vezes ao dia e a partir dos sete anos de idade, incluindo as gestantes e os adultos, a indicação é de 3 vezes ao dia.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro