São Paulo, SP, 19/10/2018
 
12/09/2015 - 11h39m

Represas que atendem cidades da Grande São Paulo têm mais chuva que o esperado

Agência Brasil/Marli Moreira 
Agência Brasil/Arquivo
Volume de chuvas no mês de setembro melhora situação do Sistema Cantareira, na região de Atibaia e Bragança Paulista
Volume de chuvas no mês de setembro melhora situação do Sistema Cantareira, na região de Atibaia e Bragança Paulista

São Paulo - Com o aumento da chuva registrado desde domingo (6) na Região Sudeste, todos os seis mananciais de abastecimento administrados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) já superaram o volume hídrico previsto para todo o mês de setembro. Apesar disso, permanece o alerta para o consumo consciente ou a necessidade de a população reduzir o gasto de água.

No Sistema Cantareira, o acumulado de chuva desde o dia 1º até as 9h de hoje (11) atingiu 89,5 milímetros (mm), acima da média esperada para os 30 dias deste mês (86,6 mm). A última vez em que isso havia acontecido foi em março deste ano, quando o acumulado alcançou 206,5 mm para a média estimada de 178 mm.

Nos seis reservatórios do Cantareira, de ontem (10) para hoje, o nível de água subiu de 15,6% para 15,7%, segundo o cálculo que leva em conta apenas o volume útil (água captada acima das comportas) e de 12% para 12,2%, na medição que inclui o uso da primeira reserva técnica (água que fica logo abaixo das comportas).

Nos últimos três dias, a água armazenada no Cantareira subiu de 15% para 15,7% da sua capacidade. Ainda assim, o sistema opera com um déficit de 13,6% e, para atingir a superfície das comportas, precisaria receber mais 133,2 bilhões de litros de água.

No Sistema Alto Tietê, o nível subiu de 14,3% para 14,8% da capacidade de operação. A quantidade de chuva nesses primeiros 11 dias de setembro está em 113,4 mm, enquanto o estimado para todos o mês é de 81,8 mm.

No Sistema Guarapiranga, que fica na zona sul da cidade de São Paulo, o nível aumentou de 72,5% para 74,1% e o acumulado de chuva ficou 115 mm. A média prevista para o mês é de 78,3 mm.

Houve aumento de 57,3% para 58,1% no Alto Cotia, com o acumulado de chuva em 105,6 mm, também superior ao total esperado até o final do mês (84,7 mm).

No Sistema Rio Grande, o nível elevou-se de 85,4% para 85,9%. O total de chuva atingiu 118 mm, enquanto a média do mês estava estimada em 96,9 mm.

A água armazenada chegou a 58,9 mm no Sistema Rio Claro, volume 0,3 ponto percentual maior do que ontem. Nesse manancial, já choveu até agora 148,4 mm, também acima da média esperada para o mês (145,5 mm).

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro