São Paulo, SP, 26/06/2019
 
12/11/2015 - 12h06m

Ricardo Berzoini diz que governo federal é contra a PEC 215/2000

Agência Brasil 
Agência Brasil/Valter Campanato
Durante a audiência, Berzoini demonstrou apoio à luta indígena e ressaltou o papel do governo federal no processo
Durante a audiência, Berzoini demonstrou apoio à luta indígena e ressaltou o papel do governo federal no processo

Brasília - O ministro da Secretaria de Governo da Presidência, Ricardo Berzoini, recebeu índios de diversas partes do país. Mobilizados em Brasília, eles protestam contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/2000, que transfere do Poder Executivo para o Congresso a prerrogativa de demarcações das terras indígenas, quilombolas e de unidades de conservação.

De acordo com a assessoria da secretaria, Berzoini demonstrou apoio à luta indígena e ressaltou o papel do governo federal no processo.

“Nossa postura é buscar o diálogo. A PEC 215 partiu do Congresso e não conta com o apoio do governo federal”, afirmou o ministro por meio de nota. Berzoini acrescentou que “a PEC não é solução para nada, pode acirrar ainda mais o conflito e comprometer os direitos territoriais dos povos indígenas”.

Representante do povo Karajá, Narúbia Werreria disse que seu povo vê a PEC como um retrocesso que estimula a perda de direitos conquistados nos últimos anos.

Natural do Tocantins, a líder indígena pediu a continuidade da demarcação de terras. “Não vamos retroceder com nossos direitos", acrescentou. "Temos uma nova geração fortalecida para luta. Queremos a retirada da tramitação da PEC.”

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro