São Paulo, SP, 17/06/2019
 
28/08/2015 - 10h34m

Romildo Bolzan Jr fala sobre mudanças no formato do Brasileirão

Portal EBC 
Bruno Alencastro
Na visão do dirigente, é necessário a melhor organização do calendário do Brasileirão
Na visão do dirigente, é necessário a melhor organização do calendário do Brasileirão

Rio de Janeiro - Um boato tomou conta das redes sociais na segunda-feira (24) falando que o Campeonato Brasileiro de 2016 seria uma disputa por mata-mata. O Bate Bola Nacional conversou com Romildo Bolzan Júnior, presidente do Grêmio, que, em janeiro, defendia uma discussão sobre modificar novamente o formato da competição.

O dirigente gremista, no entanto, afirma que a informação da modificação do campeonato não é verdadeira, mas que é de interesse do clube e que ele irá levar a diante o assunto.

Romildo Bolzan defende a adoção de quatro playoffs e a final. E não é só no Brasileiro que o dirigente gremista quer mexer, ele também critica os campeonatos estaduais muito grandes e defende a volta do campeonato Sul-Minas, Rio-São Paulo e Copa Verde. Na visão do dirigente, é necessário a melhor organização do calendário.

"Para mim isto é novidade absoluta. Isto não está sendo pautado na reunião do comitê dos clubes da CBF, não tem pauta interna. Não existe absolutamente nada de debate neste sentido no presente momento. Eu não vejo como neste momento esta notícia possa ser verdadeira porque este debate não começou internamente, embora ele virá. A fórmula do campeonato brasileiro do próximo ano de 2017 possivelmente poderá sofrer modificações." , afirma.

O Brasileirão é disputado, com este nome, desde 1971. Variou de formatos, mas sempre com finais, até 2002. A partir de 2003, foi adotada a fórmula de pontos corridos, quando todos jogam contra todos em turno e returno, sem jogos eliminatórios neste período, as principais alterações no formato do campeonato foram referentes a número de clubes rebaixados e vagas para competições continentais.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro