São Paulo, SP, 18/09/2019
 
21/03/2016 - 13h28m

Rússia acusa Estados Unidos de atrasarem implementação de cessar-fogo na Síria

Agência Lusa 

Moscou - A Rússia acusou  os Estados Unidos de atrasarem a implementação do cessar-fogo na Síria, acordado no final do mês passado, e avisou que poderá responder unilateralmente às violações das tréguas.

"O atraso na aplicação das regras acordadas para responder às violações do cessar-fogo na Síria é inaceitável", disse o tenente-general Sergei Rudskoy em comunicado, acusando o governo de Barack Obama de não estar pronto para discutir o acordo com a Rússia.

O general advertiu que "a partir de 22 de março, a Rússia vai seguir unilateralmente as regras do acordo (de tréguas) em caso de ausência de reação da parte dos EUA".

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, anunciou a realização de reuniões entre os Estados Unidos e a Rússia, em Genebra e em Amã, para tratar das violações do cessar-fogo, em vigor desde 27 de fevereiro.

Em caso de desrespeito à trégua acordada, está previsto um sistema de alerta dos EUA e da Rússia, e depois de outros membros do grupo internacional de apoio à Síria (GISS). Por outro lado, a Rússia criou seu próprio centro de vigilância das tréguas, cuja atividade se mantém apesar da retirada parcial da aviação militar russa iniciada em 15 de março.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro