São Paulo, SP, 21/09/2019
 
24/02/2016 - 09h36m

Saiba como os hábitos alimentares podem interferir na fertilidade

Portal EBC 
Agência Brasil
Estudo mostra que a queda na fertilidade é atribuída a hábitos contemporâneos
Estudo mostra que a queda na fertilidade é atribuída a hábitos contemporâneos

Brasília - Pesquisadores da Clínica Fertility Medical Group, de São Paulo, que acompanharam 519 pacientes, homens e mulheres,descobriram que a alimentação tem importância nas chances de ter sucesso na gravidez com fertilização in vitro.

O médico urologista Edson Borges conta que o objetivo era saber se havia alguma relação dos hábitos de vida do casal, alimentação, tipos de dietas, com os resultados da fertilização in vitro.

Ele explica que todos os casais passaram por uma avaliação nutricional em uma entrevista em que se perguntou como era o hábito desse casal, como por exemplo, consumo de frutas, cereais, vegetais, carne vermelha, de uso de álcool, cigarro e de dietas de perda de peso. Depois os pesquisadores relacionaram alguns desses fatores, se poderiam ajudar ou atrapalhar, quanto ao um tratamento de fertilidade.

"Foram estudados quase 2.700 embriões de fertilização in vitro desses casais. A gente viu que aqueles casais que faziam dieta de perda de peso, estavam diretamente relacionados a uma diminuição da possibilidade do embrião implantar dentro do útero. Então, essas dietas muito radicais, essa perda de peso muito forte não é saudável, especificamente na vida reprodutiva do casal", diz.

O médico faz um alerta aos homens, em relação ao consumo de álcool e de tabaco e comenta que essas substâncias diminuem o número de espermatozoides. Já sobre o peso, Edson Borges esclarece que quanto maior o peso do homem, maior a probabilidade desse homem ter uma alteração seminal.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro