São Paulo, SP, 12/11/2019
 
13/02/2015 - 15h51m

Saiba mais sobre o significado e a origem das festas de Carnaval

Agência Hoje  
Reprodução

São Paulo (Agência Hoje/Isabela Guiaro) - A palavra “carnaval” pode ser derivada do latim "carnis levale", que significa "adeus a carne”, ou “carnis valles”, “deleite da carne” em português, pois marcava o início de uma grande temporada de jejum e abstinência da carne, acompanhados por comemorações festivas.

Acredita-se que o costume tenha surgido entre 600 a 520 a.C. na Grécia. O povo realizava cultos em agradecimento aos deuses gregos pela fertilidade do solo e pela produção. Em 590 d.C. a comemoração foi adotada pela Igreja Católica, depois da implantação da Semana Santa.

Segundo a tradição que se estabeleceu na Igreja Católica, os “dias gordos” do Carnaval, principalmente a terça-feira, antecedem o primeiro dia da temporada de Quaresma, conhecido como “Quarta-Feira de Cinzas”, que nada mais é um período de 40 dias sem comer carne, com término na Páscoa.

Na Roma Antiga, as atividades e negócios eram suspensos para a comemoração do feriado, sendo que até os escravos eram liberados durante os sete dias de comemoração. Havia troca de presentes e escolha de reis falsos, conhecidos como Rei Momo, para comandar a folia dos que festejavam o Carnaval. Já na época do Renascimento, surgiram os bailes de máscara com fantasias e carros alegóricos. A celebração de Paris virou um modelo que foi copiado em várias cidades do mundo.

Carnaval do Brasil

O Carnaval chegou ao Brasil em 1640, mas só na segunda metade do século XIX recebeu a cara que conhecemos hoje: desfiles em blocos temáticos, fantasias e máscaras. A influência européia trouxe personagens da Commedia Dell’arte como o Pierrô, a Colombina e o Arlequim, os mais populares até hoje entre os foliões. Além destes, o Rei Momo também foi incorporado à tradição.

Junto com o feriado, vieram as conhecidas marchinhas como “Ô Abre Alas!”, composta por Chiquinha Gonzaga para a escola Rosas de Ouro. Além dela, outros grandes compositores marcaram o Carnaval, como Lamartine Babo, João de Barro, Noel Rosa e Haroldo Lobo.

O samba foi incorporado à comemoração do Carnaval e, hoje, as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro fazem desfiles de escolas de samba organizados durante os dias do feriado, sendo que as paulistas desfilam às sextas e sábados, e as cariocas aos domingos e segundas-feiras. O desfile do Rio entrou para o livro Guiness Book como maior comemoração de carnaval do mundo.

Já em Salvador, os desfiles acontecem em blocos de rua, geralmente com cantores famosos, geralmente de axé, como Ivete Sangalo, Daniela Mercury e Claudia Leitte. Na cidade de Olinda, em Pernambuco, as comemorações acontecem com a dança do frevo, maracatu, os grandes Bonecos de Olinda e o bloco Galo da Madrugada, considerado o maior bloco de rua pelo Guiness Book.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro