São Paulo, SP, 25/08/2019
 
09/05/2016 - 09h53m

Saída do Reino Unido da UE pode trazer ameaças a paz na Europa, afirma Cameron

Agência Lusa 

Londres - O Reino Unido estará em maior segurança na União Europeia (UE) e se o referendo de 23 de junho estabelecer a saída dos "28", a paz na Europa poderá ficar ameaçada, afirmou o primeiro-ministro britânico, David Cameron.

Para o primeiro-ministro, é do "interesse do Reino Unido manter o objetivo comum na Europa", de forma a evitar futuros conflitos entre países europeus. Ele defendeu que o Reino Unido se mantenha como Estad0-Membro da UE para que esse  objetivo seja alcançado.

O primeiro-ministro britânico insistiu no fato de que a UE amplia os poderes do Reino Unido no mundo, ideia contrariada pelos que defendem a saída dos "28", que sustentam que a influência do país será maior fora da comunidade europeia.

Cameron também lembrou Winston Churchill, primeiro-ministro britânico durante a 2ª Guerra Mundial. "No pós-guerra, apoiava com paixão a aproximação dos países da Europa Ocidental, a promoção das livres trocas e a criação de instituições duradouras para que o continente nunca mais revivesse um conflito sangrento".

No próximo dia 23 de junho, os britânicos vão se manifestar, em um referendo, sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia. Até agora, as pesquisas mostram indefinição.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro