São Paulo, SP, 15/11/2019
 
02/08/2013 - 13h53m

Saúde dá dicas para amenizar problemas de baixa umidade do ar

Agência Hoje 
Agência Brasil/Arquivo
Umidade do ar cai a menos de 30% em São Paulo e exige cuidados
Umidade do ar cai a menos de 30% em São Paulo e exige cuidados

São Paulo (Agência Hoje) - A Secretaria da Saúde elaborou manual com uma série de dicas sobre a melhor forma de amenizar os problemas ocasionados pela baixa umidade do ar. Nesta época do ano, a maioria das cidades de São Paulo chegam a ficar com taxas de 20% a 30% de umidade relativa do ar, o que é perigoso para a saúde.

Os grupos que merecem maior atenção, segundo os médicos, são as crianças abaixo de 2 anos, idosos e portadores de doenças crônicas. Os cuidados são necessários para evitar ardência e irritação nos olhos e garganta, tosse seca ou "cheia" e boca seca, consequências do chamado tempo seco.

Os sintomas podem evoluir para casos mais graves em pessoas que já tenham alguma doença crônica, como asma, causando crises de tosse e o agravamento da doença.

Durante este período, também há aumento da circulação de vírus respiratórios, que podem causar coriza, tosse e febre por tempo variável, podendo em alguns casos evoluir para complicações como crises de chiado, pneumonias e, em situações extremas, insuficiência respiratória com necessidade de internação hospitalar.

De acordo com a Secretaria da Saúde, as internações por doenças respiratórias aumentam cerca de 30% nessa época. Veja algumas dicas para evitar os problemas ocasionados pela baixa umidade do ar.

SIGA AS ORIENTAÇÕES DOS MÉDICOS

- Ingerir bastante líquido (a não ser em caso de alguma restrição);

- Não fazer exercícios físicos ao ar livre entre as 10h e 17h quando a umidade do ar estiver baixa;

- Deixar um recipiente com água ou um pano molhado no quarto antes de dormir;

- Não usar o umidificador elétrico por muitas horas seguidas. O ambiente pode ficar muito úmido e causar mofo e bolor;

- Lavar as narinas com soro fisiológico e/ou faça inalações com o mesmo produto;

- Manter os ambientes arejados e livres de tabaco e poeira;

- Evite frequentar lugares fechados em que haja grande concentração de pessoas;

- Procure ventilar ao máximo os ambientes fechados.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro