São Paulo, SP, 23/07/2018
 
21/08/2015 - 18h10m

Seção Antiterrorismo de Paris assume investigação do tiroteio ocorrido em trem

Agência Lusa 

Paris - A Seção Antiterrorismo da Procuradoria-Geral de Paris assumiu a investigação do tiroteio ocorrido nesta sexta-feira (21) em um trem de alta velocidade que fazia a ligação entre Amsterdã e Paris, capital francesa, que deixou dois feridos.

“A Seção Antiterrorismo do Ministério Público vai ocupar-se desta questão, devido às armas utilizadas, ao lugar onde ocorreram os fatos e o contexto”, disse a promotoria.

Segundo a promotoria, os dois homens que dominaram o atacante eram norte-americanos que estavam a bordo do trem. A imprensa francesa informou que os dois homens são militares que estavam de licença.

De acordo com a imprensa, um homem armado com um fuzil AK-47 feriu duas pessoas que estavam a bordo do trem, mas ainda não há confirmação se os feridos são os norte-americanos. Segundo fonte policial, o autor dos tiros é de origem marroquina e está referenciado pelos serviços secretos franceses.

O trem foi desviado para a Estação de Arras, cidade do norte de França, próxima da fronteira com a Bélgica, onde o suspeito do ataque foi entregue à polícia.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro