São Paulo, SP, 26/06/2019
 
03/06/2015 - 14h49m

Senado aprova as indicações de Dilma Rousseff para Cade

Agência Brasil/Mariana Jungmann 
Reprodução
Foram aprovados cinco novos conselheiros, que já tinham passado por sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE)
Foram aprovados cinco novos conselheiros, que já tinham passado por sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE)

Brasília - O Senado aprovou terça-feira (2) as indicações da presidente Dilma Rousseff para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Ao todo, foram aprovados cinco novos conselheiros, que já tinham passado por sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Todos aprovados com ampla maioria.

Foram aprovados os nomes do administrador João Paulo Resende, que pertence aos quadros do Ministério do Planejamento, desde 2006; do advogado Paulo Burnier da Silveira, que é professor da Universidade de Brasília (UnB); de Alexandre Cordeiro Macedo, formado em economia e em direito e mestre em Direito Constitucional; da economista Cristiane Alkmin Junqueira Schmidt, professora e economista do Banco Itaú; e Eduardo Rodrigues Frade, graduado em direito e relações internacionais, e atual superintendente-geral interino do Cade.

O plenário aprovou também a indicação do engenheiro Sérgio de Assis Lobo para o cargo de diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Ele já trabalhou na ANTT como assessor da diretoria e como membro da Comissão de Avaliação do Trem de Alta Velocidade, de 2008 a 2013.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro