São Paulo, SP, 25/06/2019
 
05/05/2016 - 09h43m

Síria: ataques contra hospitais em Alepo são crimes de guerra, afirma Nações Unidas

Agência Lusa 

Nações Unidas - Os ataques contra hospitais e os cercos que provocaram fome em Alepo, no norte da Síria, constituem crimes de guerra e os seus autores devem ser levados à justiça, afirmaram nesta quinta-feira (5) altos funcionários das Nações Unidas.

Os 15 membros do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) reuniram-se para discutir a situação de Alepo, cidade devastada pelos combates entre o regime sírio e os rebeldes, para onde os Estados Unidos e a Rússia negociaram hoje uma trégua de dois dias.

“Vou ser absolutamente claro: os ataques deliberados e diretos contra hospitais são crimes de guerra”, afirmou o secretário-geral adjunto da ONU para os Assuntos Políticos, Jeffrey Feltman. “Utilizar a fome como arma de guerra é um crime de guerra”, salientou.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro