São Paulo, SP, 18/09/2019
 
18/06/2013 - 00h32m

Sobe para 20 número de policiais militares feridos durante manifestações no Rio

Agência Brasil/Cristina Indio do Brasil  
Agência Brasil/Tomaz Silva
No Rio, a manifestação mais violenta deixa 20 policiais feridos e lojas depredadas
No Rio, a manifestação mais violenta deixa 20 policiais feridos e lojas depredadas

Rio de Janeiro - A Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro acabou de informar à Agência Brasil que subiu de cinco para 20 o número oficial de policiais militares feridos depois que manifestantes começaram a jogar coquetéis molotov na porta do Paço Imperial e da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Eles também tentaram entrar no prédio da Alerj.

Segundo a secretaria, um dos policiais teve o braço quebrado após ser espancado por um grupo de manifestantes. Mais um foi ferido na cabeça. Os 20 feridos foram socorridos no local e alguns tiveram que ser removidos para hospitais da cidade. Ainda de acordo com a secretaria, policiais militares estão dentro da Alerj para garantir a integridade do prédio. No entorno, agências bancárias e lojas tiveram os vidros quebrados.

O Estado-Maior da Polícia Militar continua reunido fazendo o monitoramento da situação no centro do Rio. O comando faz também um planejamento de ações que possam garantir a volta para casa de pessoas que estavam no trabalho ou na região onde houve o conflito. Ainda há manifestantes em volta da assembleia. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, também acompanha a situação.

Não há previsão de um pronunciamento do secretário e nem do governador do Estado, Sérgio Cabral.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro