São Paulo, SP, 16/09/2019
 
30/11/2016 - 11h23m

STF autoriza Kátia Rabello, condenada a 14 anos no Mensalão a cumprir pena em casa

Agência Brasil/Felipe Pontes 

Brasília - O ministro Luis Roberto Barroso, do Supremos Tribunal Federal (STF), autorizou ontem (29), que a ex-presidente do Banco Rural Kátia Rabello, condenada a 14 anos e 5 meses de prisão no processo da Ação Penal 470 (conhecida como mensalão), cumpra sua pena em regime aberto, o que permite que ela passe a dormir em casa.

Kátia - que foi condenada pelos crimes de lavagem de dinheiro, evasão de divisas e gestão fraudulenta de instituição financeira - está presa em Minas Gerais desde 2013 e, desde dezembro de 2015, já havia obtido autorização de Barroso para progredir para o regime semiaberto, quando o preso pode sair durante o dia, mas deve retornar à carceragem à noite.

Atualmente, ela trabalha como professora em uma escola de balé de Belo Horizonte.

Para basear sua decisão desta terça-feira, Barroso destacou o bom comportamento da detenta na carceragem e a comprovação de que ela já quitou nove das 12 parcelas da multa de R$ 2,4 milhões que foi condenada a pagar pela Justiça.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro