São Paulo, SP, 17/10/2019
 
15/06/2012 - 12h47m

Suspeitos de clonar e revender carros de luxo na mira da Polícia

Folhapress/Wolfgang Pistori 

RIBEIRÃO PRETO, SP (Folhapress) - A Polícia Civil identificou e procura um grupo suspeito de clonar e revender carros de luxo roubados, em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo).

Quatro carros roubados que seriam vendidos no Paraguai foram encontrados em um estacionamento no Campos Elíseos, no dia 31 de maio.

O principal suspeito, de acordo com o delegado Gino Sant"Anna, é Gustavo Nascimento Vilhena. Na casa dele, os policiais encontraram cerca de R$ 150 mil entre cheques e dinheiro.

Renato Marcorio Sampaio é sócio de Gustavo em uma loja de peças usadas de carro, na avenida Brasil, segundo Sant"Anna. Os dois, além de Carlos Alberto Rodrigues Machado, tiveram prisão temporária de sete dias decretada.

Um quarto suposto participante do esquema não foi identificado pela polícia.

Eles compravam os carros furtados -a maioria Mitsubishi Hillux-, trocavam as placas por outras idênticas a de carros da mesma marca que circulam em outros Estados.

Os carros clonados eram vendidos no Paraguai e na região Norte do Brasil, segundo a polícia.

Os suspeitos agiam há pelo menos um ano e compravam veículos roubados de vários lugares do país. Dos quatro carros apreendidos, um era de Santo André e outro do Paraná. Os outros dois são da região de Ribeirão Preto.

Gustavo é procurado por suspeita de ser o contador do esquema, segundo o delegado. Ele tinha passaporte com visto americano e várias viagens a Argentina e Paraguai, além de concentrar o dinheiro e uma tabela com as operações do grupo.

OS CASOS

A polícia diz que dois dos quatro carros foram roubados durante a Agrishow, em Ribeirão Preto. "Funcionários de uma empresa do Paraná estavam em uma chácara na cidade por causa da feira e três ladrões entraram e roubaram dois carros", afirma Sant"Anna.

Após os roubos, os dois carros foram repassados para a quadrilha. Uma Hillux foi encontrada com placa falsa e o outro carro, um Gol, não foi achado.

Uma camionete adulterada foi devolvida ao dono, de Pontal. O outro carro, com placa do Paraná, aguarda pelo dono no pátio da Ciretran de Ribeirão Preto, assim como os outros dois carros encontrados no estacionamento do Campos Elíseos.

Os veículos foram apreendidos no dia 31 de maio.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro