São Paulo, SP, 18/06/2019
 
20/08/2015 - 10h46m

Suspensão de 73 planos de saúde começa a valer nesta quinta-feira; confira a lista

Agência Brasil/Aline Leal 
Reprodução
Punição só termina quando a empresa provar que melhorou o atendimento aos clientes
Punição só termina quando a empresa provar que melhorou o atendimento aos clientes

Brasília - A partir desta quinta-feira (20), 73 planos de saúde de 15 operadoras estão com a comercialização suspensa. A determinação é da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para as empresas que tiveram muitas reclamações dos beneficiários.

A medida é resultado do 14º ciclo do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, que avalia as reclamações de consumidores, como descumprimento dos prazos máximos de atendimento e negativas indevidas de cobertura.

Confira AQUI a lista dos planos suspensos pela ANS.

Das 15 operadoras de planos com venda suspensa nesta etapa, 11 constavam na lista de suspensão do período anterior. Além de interromper a venda, as operadoras que negaram indevidamente cobertura podem receber multa que varia de R$ 80 mil a R$ 100 mil.

Segundo a ANS, a punição só termina quando a empresa provar que melhorou o atendimento aos clientes. Dessa forma, 52 planos de saúde que tiveram a comercialização suspensa em ciclos passados podem voltar a ser vendidos, pois conseguiram melhorar o atendimento.

Desde o início do monitoramento, 1.140 planos de 155 operadoras já tiveram as vendas suspensas e 976 planos voltaram ao mercado após comprovarem melhorias no atendimento.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro