São Paulo, SP, 19/06/2018
 
03/11/2014 - 18h46m

Sustentabilidade: aplicação do conceito em projetos e obras

Agência Hoje 
Agência Hoje/Arquivo
SUSTENTABILIDADE
SUSTENTABILIDADE
  • Válvula Hydra Duo, com opção de meia descarga e descarga completa, que economiza até 60% de água.
  • A Pado fabrica a fechadura Concept 470 Ecoinox, comprometida com a sustentabilidade no processo produtivo e com preço acessível.c

São Paulo (Agência Hoje) - O conceito de sustentabilidade - que na verdade significa manter ou suportar as características originais diante de procedimentos ou processos - tem aparecido constantemente no nosso dia a dia.

Ações em diversas esferas vêm sendo implementadas na intenção de trazer a prática da sustentabilidade social, ambiental e econômica.

O estado de São Paulo, por exemplo, lançou em 2007, através da Secretaria de Meio Ambiente o Programa Município Verde-Azul. O programa pretende capacitar e estimular as prefeituras, estabelecendo 10 diretivas para criação de uma agenda ambiental, que são: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Cidade Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental.

A iniciativa é muito interessante e premia os municípios que adotarem soluções de eficácia ambiental nas suas construções, como um dos requisitos para pontuação no Programa. Dentro dessa avaliação, soluções arquitetônicas que contemplam ventilação cruzada, iluminação natural, reuso de água, aquecimento solar, materiais sustentáveis, são pontuadas, dentre outras.

Trazendo o conceito para a produção arquitetônica particular, os projetistas podem e devem trabalhar de forma a incorporar soluções sustentáveis aos seus projetos.

Materiais que respeitem a natureza e que emitam menos poluentes no seu processo de produção são bem vindos. Nesse momento a relação custo-benefício de algumas soluções ainda pode não ser ideal, como é o caso das alternativas domésticas de aquecimento solar, que demandam investimento inicial alto e retorno a longo prazo.

Grandes empresas estão investindo em tecnologias alternativas que mantêm as características de funcionalidade e resistência dos materiais. Algumas já oferecem produtos sustentáveis com preços acessíveis, produzidos de forma ecologicamente correta.

A Pado, fabricante de cadeados, ferragens e acessórios para portas e esquadrias, possui uma linha de fechaduras cujo processo de produção usa óleo solúvel, o que dispensa o uso dos desengraxantes nocivos ao meio ambiente. A Deca, empresa fabricante de louças sanitárias, utiliza sistema de tratamento de efluentes em seus processos e reutiliza material obtido pela britagem de peças danificadas na produção de peças novas.

Essas ações podem parecer distantes do consumidor final ou do projetista, porém são de grande eficácia, tendo em vista a escala de produção e o impacto na preservação do meio ambiente.

O projeto que se pretende sustentável deve incorporar soluções específicas que atendam ao aspecto ambiental em todas as suas etapas, desde a escolha dos materiais aos métodos de execução da obra, considerando a adequação, economicidade e funcionalidade como requisitos para se obter a sustentabilidade, de fato.

* Sandra Vieira de Mello, CAU A16373-2 é Arquiteta e Urbanista.                                                                                         

Contribuições para esta Editoria podem ser encaminhadas para o e-mail: hoje.sandra@gmail.com

 

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro