São Paulo, SP, 19/10/2018
 
06/08/2013 - 09h28m

Taxis terão cor branca obrigatória e novo visual padronizado

Agência Hoje 

Guarulhos (Agência Hoje) - A Prefeitura de Guarulhos estabeleceu em decreto que todos os 567 taxis que trabalham no município devem ser padronizados até o dia 30 de setembro próximo. Os veículos terão que utilizar exclusivamente a cor branca e exibir externamente informações como o prefixo, número da permissão, logotipo da cooperativa, telefone e site da central de rádio-taxi.

Nos casos em que o carro for de propriedade particular, terão que ter a cor branca e exibir o brasão municipal, telefone da Central de Inteligência Integrada de Guarulhos (CIG) e o site da Prefeitura. A medida é válida para todos os veículos registrados como taxi no município, tanto os que atuam no Aeroporto, quanto os que circulam pelo centro e bairros.

A data final para os taxistas se adaptarem é o dia 24 de setembro de 2013. De acordo com a Prefeitura, a padronização vai oferecer facilidade de identificação e maior segurança para usuários e motoristas. O decreto 30.965, de 24 de junho de 2013, estabeleceu o prazo de 90 dias para os taxistas cumprirem as novas exigências.

Antes da publicação do decreto, somente os táxis do Aeroporto Internacional de Guarulhos eram obrigados a utilizar a cor branca. Agora, todos os 567 táxis dos pontos de rua do município também terão essa cor padrão. Segundo a Prefeitura, "para obter licença de funcionamento, os novos táxis devem ser brancos. Já os antigos podem se adaptar envelopando o veículo. Se a cor do táxi for modificada, será preciso emitir nova documentação".

A Secretaria de Transportes e Trânsito publicou a Portaria 11/2013 na edição do Diário Oficial do dia 28 de junho, que dispõe sobre as exigências para a inscrição das empresas que procederão o envelopamento desses veículos. As regras são abertas a todas as empresas interessadas, bastando cumprir os itens exigidos.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro