São Paulo, SP, 21/11/2019
 
28/10/2016 - 09h51m

Terra não para de tremer na Itália e 100 réplicas são sentidas no país, mostra INGV

Agência Brasil/Agência Ansa 

Roma - Dois dias após os terremotos que atingiram a região central da Itália, a terra ainda não parou de tremer no país. Segundo dados do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV), foram registradas mais de 100 réplicas no território na madrugada e manhã desta sexta-feira (28). A mais forte foi de 3,5 graus na escala Richter às 4h13 (00h13 no horário de Brasília).

Mais de quatro mil pessoas continuam desabrigadas na província de Macerata e estão hospedadas em estruturas provisórias, estádios esportivos e algumas tendas. Alguns daqueles que perderam suas casas já foram transferidos para hotéis da cidade de Visso, onde deve ser o destino de mais desabrigados. As escolas também permanecerão fechadas até o dia 31 de outubro.

Segundo o presidente do INGV, Carlo Doglioni, a região central do país se tornou "mais instável" nos últimos anos e novos terremotos de grande magnitude não estão descartados.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro