São Paulo, SP, 17/09/2019
 
18/08/2013 - 11h09m

TRE preocupado com baixa procura para fazer recadastramento

Agência Hoje 
Reprodução
Em São Pedro, baixo movimento para recadastramento chama atenção de funcionários
Em São Pedro, baixo movimento para recadastramento chama atenção de funcionários

São Paulo (Agência Hoje) - O baixo movimento do processo de recadastramento obrigatório nas cidades do interior de São Paulo, está deixando o Tribunal Regional Eleitoral preocupado. Com 17,24% do total do eleitorado de São Pedro, Águas de São Pedro e Santa Maria da Serra recadastrado, o movimento no posto, que fica na rua Malaquias Guerra, 900, centro de São Pedro, tem registrado uma preocupante estagnação.

Segundo o chefe da 130ª ZE – São Pedro, Roberto Modesto, a média diária de atendimento, que atingiu 160 eleitores, caiu nos últimos dias para 120. “Eu fico preocupado com a queda na procura pois esse represamento de hoje significa a formação de incômodas filas à medida que o prazo se aproximar do fim”, justificou.

Todos os eleitores, inclusive os com voto facultativo, estão obrigados a fazer o recadastramento. O cidadão deve aproveitar a primeira oportunidade e se dirigir ao posto portando documento de identificação oficial e comprovante de domicílio, sempre em seu nome e emitido ou expedido entre maio de 2012 e fevereiro de 2013.

O horário de funcionamento do posto é das 12 às 18 horas. De acordo com Roberto Modesto, depois das 16 horas o posto tem recebido ainda menos eleitores. É possível agendar o atendimento no site do Tribunal Regional Eleitoral.

O prazo acaba no dia 28 de fevereiro de 2014 e quem não confirmar os dados e o domicílio eleitoral terá o título cancelado. Além de não poder votar, sem o documento o cidadão não pode obter CPF, carteira de identidade, passaporte e obter empréstimo em bancos oficiais, entre outros impedimentos.

No Estado de São Paulo, além de São Pedro, Águas de São Pedro e Santa Maria da Serra, passam pelo recadastramento biométrico obrigatório os municípios de Vinhedo, Louveira, Analândia, Corumbataí, Ipeúna, Itirapina, Santa Gertrudes e Embu das Artes.

A expectativa do Tribunal Superior Eleitoral é de que mais de 22 milhões de eleitores utilizem a urna com identificação biométrica nas eleições de 2014.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro