UBS Altos de Santana recebe novo bloco e mais 3 consultórios - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 19/08/2018
 
07/06/2014 - 13h31m

UBS Altos de Santana recebe novo bloco e mais 3 consultórios

Agência Hoje 

São José dos Campos (Agência Hoje) - A UBS Altos de Santana, na zona norte, foi entregue à população pela Prefeitura com mais um bloco de 130 metros quadrados, três consultórios novos e instalações ampliadas e reformadas. Também estão em funcionamento consultório odontológico, farmácia, recepção e espaço multiuso.

Moradores da região aprovaram as mudanças na unidade. A babá Clara Helena de Castro disse que já sentiu grande diferença no atendimento da UBS. “Eu senti uma melhora no atendimento dos funcionários, nos últimos meses. Um atendimento mais humanizado. O novo médico que chegou também foi muito atencioso, passou segurança. E agora, com a reforma, vai ficar ainda melhor.”

A professora aposentada, Nair Varuzi, que é usuária da UBS, também esteve no evento para conferir o resultado da obra e ficou satisfeita com o que viu. “Estava ansiosa por esta obra. Antes, nossa UBS era pequena, apertadinha. Há tempos precisava de uma ampliação. Estão de parabéns”, comentou.

Na ampliação da unidade foi construído um novo bloco de 130 metros quadrados, além de readequação e reforma em outros, somando 73,5 metros quadrados.

A UBS ganhou três novos consultórios médicos, um consultório odontológico, espaço de farmácia, recepção, salas de reunião e multiuso, além de uma sala para a gerência. Com esses novos espaços, a capacidade de atendimento da unidade foi ampliada.

Antes, a unidade contava com 28 horas semanais de atendimento de clínico geral. Agora, com a implantação de três equipes do ESF (Estratégia Saúde da Família), são 120 horas semanais, além da ginecologista e pediatra, que foram mantidos. A UBS, que fazia cerca de 970 atendimentos por mês, poderá agora chegar a três mil.

As mudanças implementadas seguem o modelo que a Secretaria de Saúde e a Prefeitura de São José dos Campos pretendem implantar no atendimento da população. “Investir em atenção básica é a melhor maneira de reduzir filas e esperas em hospitais. Apostamos na prevenção da doença, com um atendimento humanizado que vê o paciente como um todo”, disse.

Para o prefeito Carlinhos de Almeida, investir apenas em estrutura física não faria sentido se o investimento também não fosse feito em pessoas. “Conseguimos viabilizar o ESF sem perder um médico sequer da rede, ao contrário, contratamos outros 68 profissionais por meio de concurso. Isso não é um gasto, é um investimento para melhorar a vida das pessoas".

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro