São Paulo, SP, 18/06/2018
 
14/08/2016 - 23h30m

Usain Bolt faz história ao ganhar tricampeonato com 9.81 segundos nos Jogos Rio 2016

Agência Brasil/Mariana Branco 
Agência Brasil/Fernando Frazão
Único homem a vencer prova dos 100 metros três vezes, Bolt faz história e comemora muito
Único homem a vencer prova dos 100 metros três vezes, Bolt faz história e comemora muito
  • Bolt ganha prova dos 100 metros rasos e se torna primeiro tricampeão olímpico
  • Usain Bolt disse que vai guardar sapatilhas douradas para lembrar da sua última Olimpíada

Rio de Janeiro - O jamaicano Usain Bolt fez história neste domingo (14) ao conquistar pela terceira vez o título de homem mais rápido do mundo nos 100 metros rasos em uma Olimpíada. Bolt garantiu o ouro com tempo de 9.81 segundos.

Bolt é o primeiro atleta da história a se tornar tricampeão olímpico da prova, uma das mais populares do atletismo. O jamaicano conquistou o ouro em Londres 2012 e em Pequim 2008.

Ele não quebrou, contudo, o próprio recorde olímpico, de 9.63 segundos, alcançado em Londres em 2012. O recorde mundial dos 100 metros rasos, de 9.58 segundos, obtido na Alemanha em 2009, também pertence a Usain Bolt.

Justin Gatlin, dos Estados Unidos, ficou com a medalha de prata na prova, com tempo de 9.89. O bronze coube ao canadense Andre De Grasse, com 9.91.

Ovacionado pela plateia, Bolt caminhou até a torcida no Engenhão e apertou a mão de torcedores, antes de fazer sua tradicional pose para fotos imitando um raio com os braços.

As três semifinais para a prova também foram disputadas na noite de hoje, quando os dois melhores de cada bateria e os três melhores tempos dentre todos os demais atletas das três semifinais se classificaram para a final. Os vencedores das três semifinais foram Bolt, Gatlin e De Grasse, que ficaram com as medalhas de ouro, prata e bronze, respectivamente.

Bolt volta às pistas na terça-feira, quando começam as disputas dos 200 metros rasos. Ele venceu o ouro nos 200 m rasos em Pequim 2008 e Londres 2012. Ele também vai disputar o revezamento 4 x 100 metros masculino com a equipe da Jamaica, atual campeã olímpica.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro