São Paulo, SP, 22/09/2018
 
21/10/2015 - 17h37m

Vice-presidente do EUA, Joe Biden anuncia que não disputará a sucessão de Obama

Agência Ansa 

Washington - Após meses de especulações sobre sua eventual candidatura, o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quarta-feira (21) que não disputará a sucessão de Barack Obama pelo Partido Democrata.

Em pronunciamento na Casa Branca ao lado de sua mulher, Jill Jacobs, e de Obama, Biden afirmou que sua janela para concorrer às eleições de 2016 já "se fechou". "Minha família estava pronta, mas não há mais tempo", declarou o vice-presidente, que fará 73 anos em novembro.

No entanto, ele garantiu que não ficará "em silêncio" e que participará ativamente das primárias democratas. Biden aproveitou para elogiar Obama, afirmando que o líder "guiou os Estados Unidos rumo à retomada".

A disputa no partido deve ficar restrita à ex-secretária de Estado Hillary Clinton, franca favorita para conseguir a indicação, ao senador Bernie Sanders, acadêmico Lawrence Lessig e aos ex-governadores Lincoln Chafee (Rhode Island) e Martin O'Malley (Maryland).

De acordo com as últimas pesquisas em âmbito nacional, a ex-primeira-dama aparece com cerca de 50% das intenções de voto, contra pouco mais de 25% de Sanders, que levanta dúvidas na legenda por ser considerado "radical".

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro