São Paulo, SP, 19/09/2019
 
23/05/2014 - 21h25m

Virada Paulista chega com muita música na capital e 28 cidades

Agência Hoje 
Divulgação
Virada Cultural Paulista espera repetir sucesso e reunir milhares de pessoas em shows
Virada Cultural Paulista espera repetir sucesso e reunir milhares de pessoas em shows

São Paulo (Agência Hoje) - A Virada Cultural Paulista reúne artistas nacionais e internacionais para fazer mais de mil apresentações na capital e em 28 cidades do interior e do litoral, nos finais de semana de 24 de 25 de maio e de 31 de maio a 1º de junho. A marca deste ano é a diversidade de estilos musicais, com rock, reggae, música eletrônica, punk e MPB.

Das 28 cidades participantes, oito ficam a apenas uma hora de distância da capital, o que facilita a presença de visitantes interessados em fazer um bate-volta em shows das bandas preferidas. A Virada Cultural Paulista é promovida pelo Governo do Estado de São Paulo em parceria com as Prefeituras, MIS e SESC-SP, e promete levar multidões aos palcos.

Os paulistanos também podem aproveitar para curtir o final de semana de folga viajando, sozinhos ou em caravana com amigos e de quebra desfrutar de shows gratuitos dos seus artistas preferidos. A lista de atrações para esse ano está bem diversificada, com muitos artistas reconhecidos no cenário da música internacional.

Entre os destaques, a banda inglesa Asian Dub Foundation que promete empolgar o público de Campinas no dia 24, sábado com um som que mescla reggae, música eletrônica, punk. A banda fundada na Inglaterra no início dos anos 90 já fez duas passagens pelo Brasil, em 2001 e 2005, e volta para fazer dois shows gratuitos na Virada.

Já o guitarrista, vocalista e compositor norte-americano John Pizzarelli, considerado um gênio da guitarra, apresenta show único na cidade de Americana, no domingo, dia 25/5. O repertório do músico faz um passeio pelos clássicos do jazz e standards americanos, mas as influências da música brasileira, principalmente da bossa nova, são notáveis em seu trabalho.

O rock nacional também invade a oitava edição da Virada Cultural Paulista. A programação inclui ícones dos anos 80, que fazem sucesso até hoje com muita reverência, como Titãs que se apresentam em Indaiatuba (25/5). Outra banda participante é o Ultraje a Rigor, que levará seu rock despojado para as cidades de Jundiaí (25/05) e Santos (01/06).

A geração Manguebeat chega com tudo na Virada Cultural Paulista. Misturando ritmos regionais, como o maracatu, com rock, hip hop e música eletrônica o Manguebeat surgiu nos anos 90. Para representar o estilo, por exemplo, a arte da Nação Zumbi será mostrada em Mogi das Cruzes, no domingo (25/5).

A banda foi responsável pela "abertura de portas" para o rock brasileiro dos anos 90, sendo uma das mais influentes bandas brasileiras de todos os tempos. Já o cantor Otto, um dos membros originais das bandas Mundo Livre S/A e Chico Science e Nação Zumbi, traz seu trabalho solo para São José dos Campos, no sábado (31/5).

As eternas musas da MPB também marcam presença na virada. Um show aguardado ansiosamente é o “Baby Sucessos” que marca a volta de Baby do Brasil aos palcos. A convite do seu filho Pedro Baby, que assina a direção musical do espetáculo, ela canta músicas de sua carreira solo e dos Novos Baianos.

O repertório vem repleto de arranjos fiéis e marcantes como “Menino do Rio”, “Tudo Azul”, “Cósmica”, “Tinindo Trincando” “Um Auê Com Você” e “A Menina Dança”. Baby do Brasil se apresentará em Campinas, no domingo (1/6).

Os amantes de Música Popular Brasileira ainda terão mais um pouco do estilo com as apresentações das novas divas do MPB que trazem para o evento o frescor da nova geração de artistas. São José dos Campos receberá no sábado, dia 31/05, a cantora e compositora Tiê.

Com dois discos lançados, "Sweet Jardim" e "A Coruja e o Coração", ela já se apresentou em festivais como Rock in Rio (RJ e Lisboa), SxSW (Texas, EUA), Planeta Terra (SP) e Coquetel Molotov (Recife), e segue fazendo shows pelo país enquanto produz seu terceiro álbum, com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2014.

Criolo é outro artista que sobe aos palcos da Virada. Apontado como um dos principais nomes da nova safra brasileira, o MC, cantor e compositor vem conquistando plateias de várias cidades e do mundo com suas misturas de rap, soul e samba.

Em Americana, o show começa no sábado, dia 24 de maio, à meia-noite, e no domingo, dia 25 de maio, às 18h30, em Sorocaba. Já o público de Jundiaí, no dia 24 de maio, poderá curtir as músicas do álbum “O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui” do rapper Emicida, entre tantos outros sucessos de sua carreira.

A programação completa da Virada Cultural Paulista está disponível no site oficial do evento: www.viradaculturalpaulista.sp.gov.br. Também é possível obter informações e mudanças na programação através das redes sociais oficiais: Virada Cultural SP no Facebook e @viradasp no Twitter.

DESTAQUES

(as distâncias mencionadas têm como referência a Capital São Paulo)

Americana | 129 Km

Sábado, dia 24 de maio

Bicicletas de Atalaia, Graça Cunha e Criolo

Domingo, dia 25 de maio

Samba da Vela, Luiza Possi e John Pizzarelli (USA)

Campinas | 95 km

Sábado, dia 31 de maio

Apanhador Só (Antes que Tu Conte Outra), Anelis Assumpção e Asian Dub Foundation / Inglaterra

Domingo, 01 de junho

Orquestra Contemporânea de Olinda, Holger (Ilhabela) e Baby do Brasil (Baby Sucessos)

Diadema | 15 km

Sábado, dia 31 de Maio

Zé Brown (Rap Repente), Selvagens à Procura da Lei e Gabriel O Pensador (Sem Crise)

Domingo, dia 01 de Junho

Encontro das Velhas Guardas, Anelis Assumpção e Nando Reis - Participação Especial de Arnaldo Antunes

Indaiatuba | 100 km

Sábado, dia 24 de maio

Yzalú (Mulheres Negras), Tokyo Savannah e Asian Dub Foundation - Inglaterra

Domingo, dia 25 de maio

Karina Zeviani (Amor Inventado), Porcas Borboletas e Titãs

Jundiaí | 60 km

Sábado, dia 24 de maio

Cabruêra, Leões de Israel (11 anos Reggae Pesado) e Emicida (O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui)

Domingo, dia 25 de maio

Bruna Caram (Será Bem-Vindo Qualquer Sorriso), Tusq (Hailuoto) – Alemanha e Ultraje a Rigor

Mogi das Cruzes | 50 km

Sábado, dia 24 de maio

Guri (Quando Calou-se a Multidão), Ana Cañas (Coração Inevitável) e Guilherme Arantes (Condição Humana)

Domingo, dia 25 de maio

Yzalú (Mulheres Negras), Boogarins e Nação Zumbi

Santos | 55 km

Sábado, dia 31 de maio

Agnaldo Timóteo, Luiza Possi (Sobre Amor e o Tempo) e Banda Black Rio + Ed Motta + Paula Lima (Tributo a Tim Maia)

Domingo, dia 01 de Junho

Mordida, Azymuth Convida Hyldon e Ultraje a Rigor

São José dos Campos | 90 km

Sábado, dia 31 de maio

Dona Joana, Tiê e Otto (Canta Canta, Minha Gente)

Sábado, dia 1º de junho

Toni Ferreira, A Banda Mais Bonita da Cidade (O Mais Feliz da Vida) e Pollo

Parceria com Municípios

A Virada Cultural Paulista é realizada em parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e os municípios participantes. Enquanto o Estado arca com todos os custos de contratação dos artistas e monta a programação cultural principal, as prefeituras bancam todo o investimento na montagem da infraestrutura de palco, som e luz, além de garantir a segurança e a limpeza nas áreas do evento.

Além disso, o Estado estimula os municípios a montar programações paralelas, com artistas da cidade, de forma a dar visibilidade à produção artística local.

A oitava edição da Virada Cultural Paulista acontece em 28 municípios e, pela primeira vez, em dois fins de semana: 14 cidades recebem o evento nos dias 24 e 25 de maio e a outra metade nos dias 31 de maio e 1º de junho.

Com essa divisão, a população paulista ganha a oportunidade de acompanhar a Virada em cidades diferentes, escolhendo a programação que mais lhe agrada em cada fim de semana. Além disso, a mudança atende à necessidade de criar uma alternativa para municípios que realizam grandes festas locais na mesma época da Virada.

No primeiro fim de semana, 24 e 25 de maio, participam: Americana, Araraquara, Barretos, Botucatu, Caraguatatuba, Franca, Indaiatuba, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Piracicaba, São José do Rio Preto, São João da Boa Vista e Sorocaba.

Já nos dias 31 de maio e 1º de junho, a Virada acontece em Araçatuba, Assis, Bauru, Campinas, Diadema, Ilha Solteira, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Presidente Prudente, Registro, Santa Bárbara do Oeste, Santos, São Carlos e São José dos Campos.

Mais informações: www.cultura.sp.gov.br.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro