São Paulo, SP, 22/02/2024
 
15/01/2024 - 08h38m

Dom Ferruccio, comida italiana de qualidade há 27 anos em Atibaia

Agência Hoje/Daniel Lopes 
Agência Hoje/Ana Victoria Lopes
Sistema de self service tem pratos da gastronomia italiana tradicional
Sistema de self service tem pratos da gastronomia italiana tradicional
  • Diploma de 2016 tornou Cláudio Ferruccio Comendador de Mérito
  • Bem localizado e com bom espaço interno, Dom Ferruccio se firma como restaurante italiano de sucesso

Atibaia, São Paulo - Fundada em 1997, a Cantina Dom Ferruccio se mantém nesses 27 anos como um dos bons restaurantes de comida italiana de Atibaia, o que não é tarefa fácil em uma cidade repleta de ótimos lugares para se fazer uma boa refeição.

De estilo agradável aos olhos, com mesas espaçosas e cadeiras confortáveis, mantém o estilo italiano tradicional, nas cores, nos posters mostrando os pontos mais visitados de Veneza, nos pratos e principalmente no cardápio oferecido de terça à domingo.

Ao longo dos anos, sempre foi um restaurante à la carte, oferecendo pratos que se tornaram famosos na região, como o filé mignon à parmegiana, a lasanha, o espaguete ou as saladas suculentas, bonitas de ver e ótimas para as refeições.

Self Service

Nos últimos quatro meses, no entanto, o Dom Ferruccio que sempre teve a casa com lotação entre 50% e 60%, no almoço e no jantar, decidiu atender sugestões de alguns clientes e inovar, abrindo espaço para as refeições tipo self service, onde o cliente encontra de 12 a 15 tipos de pratos à disposição, retira o que quer e paga pelo peso.

A sugestão dos clientes foi aceita pelos proprietários, Cláudio e Ana Maria Ferruccio, marido e mulher, que dirigem o restaurante e estão felizes com os resultados. De terça à sexta-feira, o sistema de self service funciona no almoço. No jantar volta o sistema normal à la carte. Aos sábados e domingos também prevalece o à la carte.

Por que a mudança?

Cláudio Ferruccio, um gaúcho de 57 anos, que nesses 27 anos faz questão de chegar no restaurante às 8h e só para de trabalhar depois das 11 da noite, explica os motivos da mudança:

“Na maioria das vezes, principalmente nos dias úteis e durante o almoço, os clientes não gostam de fazer pedido e ficar esperando. Por mais rápido que a cozinha trabalhe, é impossível servir uma boa refeição em menos de 15, 20 minutos. Com o sistema de self service, ele já encontra tudo pronto, na temperatura certa, escolhe o que quer comer naquele momento e fica satisfeito. É rápido, prático e custa pouco”.

Crescimento

O resultado aparentemente é bom para todos. A casa que antes via entre 50% e 60% de suas mesas ocupadas nos dias de semana, hoje trabalha com uma média de 80% a 90% durante o almoço e com tendência de crescer cada vez mais.

O menu oferecido muda todos os dias, mas há alguns pratos que são mantidos para atender o paladar do brasileiro que gosta de comida italiana, mas não esquece os costumes da terra. Arroz e feijão, por exemplo, não faltam nunca. Diferentes tipos de carnes, macarrão e saladas, também não.  

A chef é Ana Maria Ferruccio, uma paulista de 57 anos que adora cozinhar desde quando aprendeu com os avós italianos e nunca mais parou. “Minha família é da região de Treviso, na Itália e meu marido tem os avós na região da Calabria. Sempre trabalhamos na área de alimentos e vamos continuar assim até o fim da vida”.

Os dois se conheceram em Atibaia quando tinham pouco mais de 20 anos de idade. Ele vindo do Rio Grande do Sul, depois de uma pequena experiência em um restaurante modesto do interior. Namorados, noivos e casados, a decisão de abrir a cantina foi uma consequência natural, juntando o que sabiam fazer com a vontade de trabalhar.

Família

Atualmente, a família está envolvida inteiramente com a Cantina Dom Ferruccio. A filha trabalha no salão, atendendo os clientes e o neto fica no caixa, cuidando do dinheiro que entra. Ana Maria cuida das receitas, dos preparativos e ajuda na administração de tudo. Os outros filhos ficam na torcida para tudo dar certo.

Cláudio Ferruccio é um caso a parte. Sempre de gravata e camisa branca, circula pelo restaurante o dia inteiro. Recebe os clientes com cumprimentos amáveis, puxa conversa, serve as mesas quando o movimento aperta, orienta os garçons, é um faz tudo.

Muito simpático, é bem conhecido na cidade, tem amizades e por conta disso já foi convidado a entrar na política, como candidato a vereador, mais de uma vez. “É uma honra. Sinto que ainda não estou pronto, mas quando estiver vou aceitar”, comenta.

Enquanto isso, a cantina segue oferecendo as suas refeições ao gosto italiano. Nos finais de semana, quando o sistema é o à la carte, qualquer um dos pratos pedidos serve duas pessoas com folga. Custam entre 50 e 70 reais e são elogiados pela maioria dos frequentadores. E a música italiana ao fundo, tão baixa que não atrapalha a conversa, é outro ponto positivo.

Em fevereiro será anunciada mais uma novidade, segundo os proprietários: uma mesa repleta de sobremesas para atender o restaurante e também pedidos por telefone.

Em resumo, a Cantina Dom Ferruccio é um dos três restaurantes mais antigos de Atibaia e se tornou conhecido e procurado pela comida italiana, por suas refeições saborosas, pela abundância e principalmente pela simpatia dos donos da casa. Não é um lugar luxuoso, mas é confortável, tem mobiliário agradável e serviço eficiente.

Outro ponto importante, nunca mudou de nome e nem de estilo e quando alterou o endereço pela primeira e única vez, para ganhar mais espaço, foi de um lado para o outro da mesma avenida, a Lucas Nogueira Garcez, em Atibaia.

SERVIÇO

Cantina Dom Ferruccio

Comida italiana (atende pedidos por telefone)

Avenida Lucas Nogueira Garcez, 2420, Atibaia, São Paulo

Telefone: (11) 4411-7271

Proprietários: Ana Maria Ferruccio e Cláudio Ferruccio

- Horários de Funcionamento: Terça à Domingo, das 11h às 22h (Fecha segunda)

- Self Service: De terça à sexta-feira (Almoço)

- À la Carte: Terça à domingo (Jantar) e

- Finais de semana À la Carte (Almoço e Jantar)

- Cartões de crédito e débito: Todos

- Atendimento especial para idosos e crianças

- Principais refeições: Filé à Parmegiana, Lasanha, Risoto, Caneloni, Espaguete à bolognese, Ravioli, Talharim, Gnocchi, Portetone, Massas em geral, além de Carnes, Peixes, Frangos e saladas diversas.

Hoje São Paulo

© 2024 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro