São Paulo, SP, 18/05/2024
 
08/07/2016 - 09h45m

Professores da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Rio de Janeiro encerram greve

Agência Brasil/Cristina Indio do Brasil 

Rio de Janeiro - Os professores da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) decidiram na quinta-feira (7), durante assembleia, suspender a paralisação e retornar ao trabalho em estado de greve na segunda-feira (11). Esta foi a única proposta, segundo o diretor financeiro do Sindicato dos Profissionais de Educação da Faetec (Sindfaetec), Cláudio Afonseca, a ser apreciada no encontro, porque houve discordância de alguns participantes da assembleia.

Apesar da decisão, de acordo com Claudio Afonseca, não está garantido que as aulas voltem no início da próxima semana, porque continuam as condições precárias nas escolas da Faetec, como falta do serviço de segurança, sem coleta de lixo, sem alimentação e condições de trabalho.

O dirigente sindical disse que se os mutirões ocorrerem nesta sexta-feira (8) e no fim de semana, a possibilidade do retorno às aulas na segunda-feira é maior, mas informou que uma das unidades mais atingidas está a de Quintino, na zona norte do Rio, onde além da falta de segurança, tem grande quantidade de barata e ratos, como foi divulgado pela imprensa.

A volta ao trabalho é resultado de um acordo entre a categoria e o presidente da fundação, Alexandre Vieira, que se comprometeu a atender pontos da pauta de reivindicação dos profissionais, como o abono funcional e do ponto dos grevistas, após o retorno às atividades e reposição dos dias parados.

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, a qual a Faetec está subordinada, ficou de apresentar ao governador em exercício, Francisco Dornelles, no prazo de 45 dias, um estudo sobre o impacto financeiro para a implementação do auxílio-alimentação; e de regulamentar, em até 30 dias, a criação de um grupo de trabalho, composto pelo sindicato e por representante da secretaria e da Faetec, para avaliar as pendências do Plano de Carreira do Servidor.

Hoje São Paulo

© 2024 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro